CRIME: Laudo mostra que piloto de Eduardo Campos foi envenenado. Foi divulgado o resultado do laudo dos exames toxicológico e histopatológico

Tem que compartilhar! Use o whatsapp também!

Foi divulgado o resultado do laudo dos exames toxicológico e histopatológico do empresário Paulo Cesar de Barros Morato. Paulo foi morto envenenado com chumbinho, substância comumente utilizada para matar ratos.

“Na época do trágico acidente, levantou-se a hipótese de que o político tinha sido vítima de assassinado devido seu crescimento em popularidade. Até hoje a polícia não conseguiu descobrir se Campos foi vítima de uma fatalidade ou de um crime. ”

A Polícia Científica de Pernambuco ainda não sabe dizer se o empresário ingeriu o organofosforado voluntariamente para provocar o suicídio ou se foi assassinado consumindo algo envenenado. A polícia civil aguardará o resultado dos demais exames solicitados para anexarem-os ao inquérito policial e concluir se o empresário se suicidou ou foi assassinado.

A polícia informou que ainda aguarda as imagens de segurança do momento em que Paulo estava hospedado no motel, bem como o resultado da tanatoscópica, papiloscopia e perícia do local onde o corpo do empresário foi encontrado.
Investigação criminal

A polícia federal realiza a Operação Turbulência, que visa apurar crimes de lavagem de dinheiro na campanha do ex-governador de Pernambuco e ex-candidato à presidência da república do Brasil, Eduardo Campos.

Até o momento, quatro pessoas foram presas durante as investigações que apontam que Eduardo e o senador Fernando Bezerra Coelho receberam propina do dono do avião, que pode ser Morato. Paulo César estava foragido da justiça. Quando foi encontrado em Pernambuco, o mesmo já estava sem vida.

A empresa apontada como de propriedade de Morato, é investigada por receber um valor milionário da construtora OAS, que já teve executivos condenados na Lava Jato por desvio de dinheiro da Petrobras.
Acidente que matou o político

Eduardo Campos morreu em um acidente de avião durante sua campanha eleitoral de 2014. Na época o candidato crescia nas pesquisas oficiais, oscilando entre o segundo e terceiro lugar em uma disputa direta com Dilma Rousseff e Aécio Neves. Após o acidente, sua candidata a vice presidente, Marina Silva, assumiu sua campanha pelo partido.

Na época do trágico acidente, levantou-se a hipótese de que o político tinha sido vítima de assassinado devido seu crescimento em popularidade. Até hoje a polícia não conseguiu descobrir se Campos foi vítima de uma fatalidade ou de um crime.

Morato era visto como alguém que poderia desvendar esse mistério. A polícia não conferiu informações sobre os próximos passos das investigações.


A postagem continua.....

Tem que compartilhar! Use o whatsapp também!

:) Receba as novidades no seu Facebook!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Leia mais 5554 postagens na página inicial



CGI.br lança Guia “Internet, Democracia e Eleições”. Saiba o que é verdade ou mentira na Internet!

NOTA 1000! Em plano de governo, Bolsonaro fala em retaguarda jurídica para policiais

ISSO É APOIO! Imagens com inscrição “Bolsonaro 2018” em lavouras são verdadeiras

SEM RABO PRESO! Empresários surpresos após Bolsonaro rejeitar doações financeiras

Bolsonaro reage aos ataques que vem sofrendo da grande mídia e solta o verbo nas redes sociais

Lula publica artigo no NYT e diz que sua prisão é a “última fase de um golpe da direita”

REVISTA ISTOÉ CHAMA BOLSONARO DE ‘CANDIDATO FAKE’ E ‘CHECA’ OS ARGUMENTOS DO FUTURO PRESIDENTE

Bolsonaro lidera corrida presidencial em pesquisa divulgada pela Record

Cabo Daciolo vai a monte jejuar, ataca Illuminati se compara a Enéas e diz: “Eles vão tentar me matar”

SALVE GUERREIRO: Após condenação em 2º grau, Moro manda prender cúpula da Mendes Júnior

Guido é réu, o mais repugnante da era PT. Já devia estar preso há muito tempo…

Alexandre Garcia fulmina: “Lula no debate seria uma aberração” (Veja o Vídeo)

Preso sai no Dia dos Pais, assalta, sequestra mulher para fugir da polícia e mata 2 em acidente de trânsito

URGENTE: Ponte cai na Itália e deixa pelo menos 20 mortos. Ministro do transporte italiano afirmou: ‘uma tragédia imensa’.

Procura por armas dispara no Brasil, e número de baleados cresce. Em 2017, foram mais de 10 mil aquisições

NO TOPO AGORA!