Moro é ‘agente da CIA’? Rosângela faz piada a respeito de petistas: ‘Moro quer afastar a esquerda do poder”

Compartilhe essa notícia!

Rosângela Moro ironiza insinuações de militantes petistas de que o juiz faria parte de um plano americano para afastar a esquerda do poder no Brasil

Virou moda entre os apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) dizer que o juiz federal Sergio Moro é um “agente da CIA“, a companhia de inteligência dos Estados Unidos.

Nessa narrativa, a Operação Lava Jato seria parte de um plano maquiavélico dos americanos para afastar do poder no Brasil os políticos de esquerda – por isso, dizem, o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e a prisão de Lula.

Em uma publicação em seu instagram, a advogada Rosângela Wolff Moro, esposa do magistrado, debochou das teorias da conspiração sobre o marido.

“Cuidado. Ele usa um chip. Tem poderes de abdução. Se você o encontrar, não ouse olhar nos olhos dele. Serás abduzido”, escreveu, na legenda da publicação de uma foto dela com o seu “agente da CIA favorito”.

Até as 11h deste domingo, a foto já tinha cerca de 5 000 curtidas e quase 500 comentários na rede social, sendo a imensa maioria de mensagens de apoio ao juiz e ao seu trabalho à frente da Lava Jato.

Já nos perfis de apoiadores de Lula, preso há 100 dias na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, multiplicam-se as citações que relacionam o juiz com a agência de inteligência americana, sem nada de concreto que embase a tese – que já foi até compartilhada pela presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, recentemente.

A publicação de Rosângela Moro é uma clara brincadeira com o tema, mas pode servir como um tiro no pé:

dar ainda mais atenção para um boato que não mereceria nenhuma, e, mais uma vez, expor o magistrado a polêmicas nas quais ele simplesmente não precisaria estar, principalmente em um momento em que a sua imparcialidade como julgador de Lula é questionada por advogados e políticos aliados ao petista.


NOSSO GRUPO NO WHATSAPP! Entre aqui!

Participe dos debates nos grupos!

Compartilhe essa notícia!