Procurador da Lava Jato denuncia vingança de Rodrigo Maia: acordo para atacar o Judiciário depois do recesso

Compartilhe essa notícia!

Rodrigo Maia e seus parceiros fecharam um acordo para atacar o Judiciário depois do recesso

O procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima fez um gravíssimo alerta nas redes sociais nesta segunda-feira (16), destacando notícia veiculada na imprensa dando conta das articulações do presidente da Câmara Rodrigo Maia contra a Lava Jato. Veja abaixo:


Deu na imprensa: “Rodrigo Maia e seus parceiros fecharam um acordo para atacar o Judiciário depois do recesso”.

O texto do procurador:

“Enquanto
há um esforço da sociedade para superar os problemas brasileiros, nepotismo,
coronelismo, apropriação privada dos bens públicos, gigantismo do Estado, falta
de espírito público, dentre outros, a pauta do Congresso Nacional é a
dilapidação das contas públicas e, agora, a vingança contra o Ministério
Público e Judiciário.

O que
eles desejam é a volta ao tempo em que não sabíamos das manobras de gabinete,
dos acertos de corredor, do clientelismo e corrupção.

Se a
população deixar que aprovem as leis que estão gestando no Congresso Nacional,
só restará escombros do Brasil.”

Compartilhe essa notícia!