Procurador da Lava Jato denuncia vingança de Rodrigo Maia: acordo para atacar o Judiciário depois do recesso

Compartilhe essa notícia!

Rodrigo Maia e seus parceiros fecharam um acordo para atacar o Judiciário depois do recesso

O procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima fez um gravíssimo alerta nas redes sociais nesta segunda-feira (16), destacando notícia veiculada na imprensa dando conta das articulações do presidente da Câmara Rodrigo Maia contra a Lava Jato. Veja abaixo:

Deu na imprensa: “Rodrigo Maia e seus parceiros fecharam um acordo para atacar o Judiciário depois do recesso”.

O texto do procurador:

“Enquanto
há um esforço da sociedade para superar os problemas brasileiros, nepotismo,
coronelismo, apropriação privada dos bens públicos, gigantismo do Estado, falta
de espírito público, dentre outros, a pauta do Congresso Nacional é a
dilapidação das contas públicas e, agora, a vingança contra o Ministério
Público e Judiciário.

O que
eles desejam é a volta ao tempo em que não sabíamos das manobras de gabinete,
dos acertos de corredor, do clientelismo e corrupção.

Se a
população deixar que aprovem as leis que estão gestando no Congresso Nacional,
só restará escombros do Brasil.”


NOSSO GRUPO NO WHATSAPP! Entre aqui!

Participe dos debates nos grupos!

Compartilhe essa notícia!